To be real

Assisti hoje ao clipe The One That Got Away da Katy Perry e me fez pensar no quanto eu tenho medo de perder. Até porque não acho que me deixar pra trás seja difícil para as pessoas. Meu pai fez isso com a maior naturalidade.
Eu tento ser o melhor que eu posso, sempre. Mas meu limite é quem eu sou; não posso ir além disso.
Levo muito tempo para acreditar que alguém realmente se importa comigo. Já levei tanta surra da vida por ter acreditado fácil demais, que tive que aprender, né? Então quando alguém me desperta aquele sorriso natural e passa o dia inteiro no meu pensamento, me assusta muito… Porque nunca me acho boa o bastante para alguém se interessar.
Eu tenho qualidades, eu sei… Mas quase nunca ninguém se interessa em perceber… É tão mais fácil notar que tenho peitos avantajados, né?
Não quero ser apenas mais uma…

…Eu quero ser quem vai arrancar um sorriso dos teus lábios quando tu menos esperar… Eu quero ser tua; eu quero ficar…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Calendário

abril 2012
S T Q Q S S D
« mar   ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Meu Twitter #}~

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: